sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

O recipiente de peixes | Lipograma


(exercício de rescrita de O Aquário, sem utilizar o "a")

O recipiente de peixes

Um peixinho vermelho e reluzente foi viver com os peixinhos cor do céu, porém foi excluído, por estes serem invejosos e ciumentos. Ele sentiu-se triste e começou por perder peso. Tempos depois surgiu um peixe negro com riscos vermelhos. Logo, logo entre eles surgiu um belo sentimento recíproco de desvelo. O grupo dos cerúleos peixinhos, com receio do negro, desistiu de comer. Tempos depois, o peixe negro ficou enfermo, posteriormente os cerúleos. Quem os socorreu foi o vermelho, mesmo sem todos o merecerem. O vermelho, contudo, ficou como os outros: doente. Porém, mesmo febril, conseguiu pedir socorro. O menino com o seu progenitor trocou o elemento líquido, incolor e inodoro do recipiente. O vigor dos descendentes de Neptuno voltou e o menino regozijou-se.Provou-se que de ninguém foi o erro: foi um simples desleixo. Por fim, voltou o entendimento e tudo ficou bem.

1 comentário:

elisa alves disse...

Que proposta de trabalho imaginativa e que trabalho bem conseguido.

Parabéns!